Condutas para Garantir que a sua Infraestrutura de TI Esteja Preparada para a Telemedicina em Curso – Parte 3

 Hoje você confere a última parte do nosso especial sobre como garantir que a sua infraestrutura de TI esteja preparada para a telemedicina em curso. Confira!

Aproveite o potencial do edge computing para levar a sua infraestrutura para outro patamar.

 Conforme o setor de saúde se torna mais digital, a capacidade de processar dados no edge se tornará cada vez mais importante. Processar dados perto da fonte promove maior segurança e eficiência, ao mesmo tempo em que reduz os custos e a pressão sobre a largura de banda. Essas vantagens são críticas conforme o setor de saúde aumenta enormemente a quantidade de dados que precisam ser processados a cada dia.

As soluções de data centers micro e de edge simplificam dramaticamente o processo de implementação da infraestrutura de TI em locais no edge. Essas soluções pré-fabricadas integram equipamentos de TI, alimentação de energia, refrigeração, monitoramento e, às vezes, até supressão de incêndios e ventilação de backup para remover muito do trabalho braçal e das incomodações de construir uma solução a partir do zero. As soluções variam desde gabinetes compactos inteligentes que são ideais para filiais, até data centers completos que oferecem até 10 racks de espaço de armazenamento, permitido que as instalações adicionem a quantidade certa de capacidade para qualquer tipo de local no edge, frequentemente em uma questão de dias.

Essas soluções podem também ser adicionadas a um data center já existente quando capacidade adicional for necessária especificamente para dar suporte a aplicações de alta densidade, como IA ou, agora, a telemedicina. Acrescentar filas de capacidade independentes para funções dedicadas é, em geral, muito mais fácil sob a perspectiva da implementação do que integrar em racks ou gabinetes existentes. Além disso, proporciona aos gestores de TI a flexibilidade de acessar os quilowatts necessários demandados para o objetivo específico.

Esses mini data centers são também uma boa solução para dar suporte ao aumento da prestação de serviços de saúde que continuam a crescer em supermercados, farmácias e grandes varejistas nos Estados Unidos. E eles podem proporcionar infraestrutura pronta para dar suporte aos centros de comando distribuídos de telemedicina na medida em que os fornecedores estão fortalecendo suas soluções para a entrega de seus novos serviços de saúde digitais.

Os serviços de saúde digitais chegaram.

Fornecedores de serviços de saúde e seus departamentos de TI fizeram um trabalho excepcional de agir com rapidez durante a pandemia para fazer a transição para a telemedicina como uma forma segura de continuar a servir seus pacientes. Conforme a poeira baixa na crise global, fica claro que a telemedicina permanecerá na liderança da entrega dos serviços de saúde. E o TI terá um papel essencial para garantir o sucesso contínuo dessa solução. A boa notícia é que as adições, upgrades, retrofits ou trocas dos equipamentos de alimentação de energia, refrigeração, monitoramento e gerenciamento de TI – feitos em nome da telemedicina – também darão suporte ao avanço contínuo das tecnologias de monitoramento de pacientes, da IoMT e do surgimento do 5G. Sobretudo, as instalações estarão melhor posicionadas para continuar a atender as necessidades dos pacientes em nosso mundo cada vez mais digital.

 

Com informações da VERVIT

saúde, TI, edge, 5g, edge computing

  • axis
  • cisco
  • dell
  • furukawa
  • jabra
  • trend
  • veemm
  • vertix
  • vm

© Added todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Next4.